aefc 50 anos                                                                                  premioferreiradecastroAAValiacaoerasmuslogoparceriaslogo cloa site2

AEFC nas redes sociais  facebook  instagram

Menu

O trabalho “Juntos somos mais fortes”, da autoria das alunas  Joana da Silva Barbosa (10.ºA), Margarida Patrício Santos (10.ºB), Gabriela Santos Baltazar (10.ºB) e Rafaela Santos Baltazar (10.ºE), da Escola Básica e Secundária Ferreira de Castro, foi premiado. 

O Prémio Mário Soares pretende galardoar os estudantes do 3° Ciclo do Ensino Básico pelos trabalhos realizados no âmbito da valorização da dimensão europeia da cidadania.

As alunas premiadas descrevem deste modo a experiência:

Nós, enquanto jovens europeias, decidimos participar no projeto “Prémio Mário Soares”, que visa premiar trabalhos realizados no âmbito da valorização da cidadania europeia. Com a finalidade de realçar, de certo modo, estimar a cidadania que nos foi conferida e à qual muitas vezes não damos a devida valorização, abraçamos este projeto. Para sermos honestas, a nossa     decisão quanto à participação foi muito rápida. O prémio era aliciante, mas mais do que isso tínhamos em mãos um tema que emanava responsabilidade.  

Fruto de dias repletos de pesquisas e horas de sono a menos, hoje podemos agradecer por nunca termos desistido. Este prémio demonstra, assim como o título do nosso trabalho, que “Juntos Somos mais Fortes”.Em suma, penso que não poderíamos estar mais realizadas por conseguir com distinção cumprir os objetivos e ao mesmo impressionar o júri. A experiência foi muito boa e ao mesmo tempo muito cansativa, mas no final, todo o esforço valeu a pena!

 Relativamente ao Prémio, o Presidente do Município, Joaquim Jorge Ferreira enviou um e-mail com a seguinte mensagem:

É com grande satisfação que quero felicitar a Escola Básica e Secundária Ferreira de Castro pelo trabalho “Juntos somos mais fortes” apresentado pelas alunas Joana da Silva Barbosa, Margarida Patrício Santos, Gabriela Santos Baltazar e Rafaela Santos Baltazar e que foi recentemente distinguido com o Prémio Mário Soares. Este prémio é um exemplo do empenhamento e do sucesso que caracterizam os estudantes oliveirenses pelo que não posso deixar de manifestar os meus sinceros parabéns aos alunos distinguidos. Este foi mais um trabalho premiado de alunas desse Agrupamento, uma distinção que deixa orgulhosa toda a comunidade educativa.
Renovo os meus votos de parabéns esperando outros sucessos.

Parabéns às alunas e à professora de História, Ana Paula Vieira, que dinamizou a iniciativa.


 
Go to top